Raul Minh'alma

Raul Minh'alma
11 ARTIGOS 0 COMENTÁRIOS
Raul Minh’alma nasceu a 29 de Junho de 1992 e é o mais novo de quatro irmãos. É natural da cidade de Marco de Canaveses onde estudou até ao final do ensino secundário, antes de ingressar na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto onde é aluno, actualmente, do curso de Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica. É oriundo de uma família humilde, o que o obrigou a conciliar os estudos com o trabalho com apenas quinze anos, mas foi aos dezassete que descobriu a sua paixão pela escrita. Começou por escrever poesia e em 2011 lança o seu primeiro livro de poemas com o título Desculpe Mãe. No mesmo ano leva a cena, juntamente com um grupo de teatro que ajudara a formar, uma comédia de sua autoria intitulada É Melhor Roubar Que Pedir. Na altura de dar um novo passo começou a escrever prosa e cinco meses depois conclui o seu primeiro romance Os Mistérios de Santiago. Aos vinte e dois anos conclui a sua terceira obra que se trata de uma coletânea de 500 frases suas e que intitula de Fome.

Como Esquecer Alguém…

Éramos felizes. Éramos muito felizes… nos primeiros anos, como em qualquer relação. É claro que eu, como qualquer outra mulher, acreditava que era para...

As Minhas Últimas Palavras

Estávamos casados há tão pouco tempo quando a vida decidiu que eu seria, também, uma daquelas pessoas de quem se ouvia falar nas notícias....

Não Tens Dinheiro Mas Tens Amor e Imaginação

Esta mensagem é para ti, rapaz, que para tentares ganhar um sorriso da tua namorada, precisas de puxar da carteira. Esta mensagem é para...

Meu Querido Filho

Querido filho, talvez nunca te tenhamos dito isto desta forma, mas fizemo-lo, sem dúvida, de muitas outras formas ao longo de todos estes anos...

Diário de Uma Criança Que Sofre…

Querido diário.Hoje consegui, finalmente, ir à escola. O meu pai não precisava de mim e deixou-me ir. Gosto tanto de ir à escola, e...

Desculpe Mãe

Quantas vezes guardei um obrigado para mim por achar que a minha mãe não fez mais do que a sua obrigação. Quantas vezes escondi...

Aprendi a amar-te de longe…

Já passaram dois anos. Dois anos, desde que perdeste o emprego e te viste obrigado a abandonar o nosso país. O país que nos...

Carta de um doente de alzheimer para a sua mulher!!

Leninha, meu amor.Escrevo-te esta carta, mas a única viagem que ela fará, será da minha mão para a tua. Escrevo-ta porque vais precisar de...

DESTAQUES