Vou continuar com a promessa: Amar-te até o ultimo dia…

Ao longo deste tempo me fui perguntando como é possível ainda te desejar.
Como é possível,  ainda te amar.
Foste a melhor coisa que me aconteceu na vida e ao mesmo tempo o meu maior pesadelo.

Mas nunca foste um erro.
Fui eu quem te procurou, fui eu quem insistiu em  que as coisas dessem.
Fiz de tudo para te ter.
Desde que me lembro que eras tu o  meu príncipe.
Fui capaz de deixar tudo para trás só para te ter a ti a meu lado, eras só tu quem eu precisava.

Eras o meu mundo, a metade que me faltava.
Ainda me lembro que me sentia orgulhosa da nossa história.
Adorava mostrar ao mundo que te amava e que “me amavas a mim”.
Fazia de tudo para te deixar orgulhoso.
Mas acho que fazia de mais.
Dei-te de mais, amei-te de mais.

Foi um mais, que venho hoje a ver que tu tinhas muito a menos.
Dizem que o amor nos cega.
Caramba, de que maneira.
Hoje  os sinais já batem certo. Cada vez mais .
Dia após dia, vou abaixo.
E quando penso que não poderias mais me magoar eis que outro sinal me aparece .
Sempre me disseste que tinha uma memoria fértil, e que eu dava bem para realizadora(risos), e tinhas toda a razão. Tenho bem consciência disso..
Mas nada acontece por acaso, e todas as desconfianças que eu tinha tuas, não eram fruto da minha imaginação.
Quis agora o tempo me mostrar quem realmente és.
Pois bem, o tempo não me deu novidade nenhuma.
Eu é que me fazia de cega, porque amar-te e ter-te a meu lado era o meu sonho.
Embora eu tivesse feito  o possível e o impossível para te ter, há limites.
Tinha chegado a um ponto em que o amor por mim própria já não era nenhum.
Que pessoa seria eu se continuasse a estar a teu lado quando o respeito por mim já não existia?

Abri os olhos, depois de tanto tempo andar a esforçar me para os fechar.
Custou me muito.
Ainda hoje choro.
Mas respeitar me esta agora como prioridade na minha lista.
Passaram dois anos, e refizeste a tua vida, talvez te cases, talvez tenhas filhos, talvez tenhas um emprego ..
Mas sobretudo espero que sejas feliz.
Em tempos roguei-te mil e uma coisas, hoje só te peço uma outra: Que sejas o melhor de ti, pois acredito que em todo o ser humano, existe o  lado bom.

Enquanto a mim:  vou continuar a promessa: Amar-te até o ultimo dia.