Volta para mim…

Volta… Volta para mim…
Volta para me dares vida. Volta para que tudo faça sentido.
Para quem te espera todos os dias. Para quem te quer sentir no meu peito.
Para quem te quer segredar amor todas as manhãs, todas as noites.

Apenas preciso que fiques mais um minuto… que voltes por um minuto…
Para te dizer o que nunca tive coragem para te demonstrar…
Para te mostrar em palavras e em atos o que o meu coração realmente sente.

Volta… Volta para me tirares os sentidos.
Volta para mergulharmos os dois num mundo só nosso.
E não partas, para algo que não nos pertence, para algo que não nos completa

Quero-te aqui e agora. Beijar-te os lábios. Dar-te um abraço profundo. E tocar-te com os meus pequenos dedos.
Não há nada que nos consiga pôr fim, todos os nossos defeitos tornam-se em qualidades quando são amados.

A promessa está feita.
Só queria que estivesses agora do meu lado.
Para juntos percorrermos o mundo, e sentirmos o ar frio que nos bate na cara.
Preciso de ti para viver. Assim não consigo, não aguento, nem sei mais respirar.
Sem ti sou um ser perdido, alguém sem porto de abrigo.

Apenas… volta…
Vem-me buscar. Encontra-me! Encontra-me neste meu âmago.
Neste amor que quer ser teu.