Você foi…

Você foi, mas você me ensinou várias coisas, me ensinou a não fugir diante de situações difíceis, a ficar e bater de frente com elas, mas isso não importa porque você foi.

Você vivia me dizendo que eu era a pessoa mais forte que já conhecera na vida como se eu fosse capaz de carregar o peso do mundo nas minhas costas pela gente, e contando com isso você foi, mas advinha: não sou tão forte assim sem você.

Por diversas vezes te pedi para ficar, pedi pra valer mesmo depois de tantas brigas e desentendimentos, mas parecia que você gostava de me ver daquele jeito, praticamente implorando pra você voltar e de nada adiantou porque você resolveu ir mesmo assim.

Quero dizer, não que minha existência dependesse de você, mas minha existência se tornava melhor com você aqui, enfrentar os problemas, sorrir, viver parecia ser mais fácil. Quando você foi, existir tornou-se um fardo pesado de se carregar, pensar em você me corroía por dentro e transparecia para fora através de lágrimas. Você conseguiu se tornar um vício, absurdamente destrutivo, do qual eu não conseguia me libertar.

“Minha vida nunca mais foi a mesma sem você” um tanto clichê eu sei, mas verídico porque você me marcou, com coisas boas, claro, mas ainda mais com coisas ruins. Você me ensinou, esculpiu boa parte da pessoa que sou, mas saiba que sou ainda melhor hoje e garanto que não é graças a você. Por que? Porque você foi.

PORKaryna Laryssa
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...