Ver-te Outra Vez

Nossa, há tanto tempo que não te via assim tão linda! Tenho de confessar que por uns segundos fiquei paralisado, apenas os meus olhos te seguiam enquanto passavas. Essa tua beleza angelical, com um ligeiro toque de provocação, voltou a fazer o meu coração acelerar… Mas sinceramente eu não entendo… A nossa história já aconteceu há muito, o sentimento já ultrapassou o prazo de validade, os momentos já nem são mais recordados e indiferença foi tudo o que restou entre nós (pelo menos da minha parte…).

Acho que nenhuma das minhas relações deu certo por minha culpa, por eu não ser capaz de ter olhos só para uma pessoa… Já várias vezes me disseram que eu era incorrigível, que eu era incapaz de amar… E tu foste a minha última tentativa de tentar provar que essas opiniões estavam erradas. Mas sabes uma coisa? Essas opiniões estão 100% certas! Eu sou um jovem romântico cheio de paixões. Por muito que queira não consigo mudar!

A verdade é que aquela loira com quem andava a falar antes de começarmos a namorar nunca me saiu da cabeça e assim que ela deu luz verde para eu avançar eu não resisti e coloquei um ponto final na nossa relação, dando uma chance a mim mesmo de me deixar encantar com os prazeres de outra mulher… E tal como a loira também havia aquela morena que tu não gostavas por estar sempre em cima de mim. E além dela ainda havia aquela ruiva… E talvez mais uma ou duas que sinceramente já nem me lembro mais delas. Tal como até hoje de manhã já nem me lembrava mais de ti… Mas ver-te ali fazendo outro feliz e estando eu apenas enganando-me, vagueando de cama em cama, fez-me desejar-te uma vez mais… Não falo de uma relação séria! Não é desejo de amar! É desejo de te ter mais uma vez deitada na minha cama, agarrada pelos meus braços, beijando esses teus lábios tão suaves, percorrendo o teu corpo com o meu toque, parando o mundo por uma noite… Só isso e mais nada, depois voltamos para as nossas vidas separadas, cada um para seu lado, sendo essa noite o nosso último momento, a nossa última recordação…

Mas eu não sou capaz! Sou incapaz de estragar tanta felicidade por um desejo infantil, de parecer apenas uma criança que deita fora um brinquedo e só quando alguém o usa é que apetece voltar a brincar. Portanto para nós é um NÃO! Espero que tudo te corra bem, desejo para vocês os dois as maiores felicidades, realmente merecem ser felizes…

E quanto a mim? Eu vou continuar a aproveitar todos os momentos que a vida me proporciona. Porque eu quero encontrar amor verdadeiro que me faça mudar, mas até lá quero continuar com este meu lado incorrigível… O meu pensamento ainda não é “abdicar de todas as mulheres só por uma” mas sim “para quê abdicar de tantas mulheres só por uma?”. Sei que mais cedo ou mais tarde isso vai mudar mas até lá vou continuar assim, nunca destruindo a felicidade dos outros, mas sem nunca abdicar de noites sem dormir e de tardes agitadas, de camas desfeitas e sofás destruídos! Eu vou desfrutar a vida! Afinal só se vive uma vez…


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...