Veja de fora…

Descalce os chinelos, calce-os de volta, ande para outro cômodo sem motivo e volte e então descalce os chinelos, deite-se! mexa-se! abra bem os olhos! Nada de bocejar!

Respire fundo lentamente e solte o ar rapidamente e – por fim – pense nela […]hoje avisou que partiria em um momento inesperado, mesmo assim aquela doce despedida fez falta[…] Sabia que já tive a visão que nos sentávamos em um sofá para conversar e eu com ternura a dirigia a palavra e tocava o rosto? Sempre quis saber sobre o que faríamos e agora sei, está decidido por unanimidade que vou pergunta-la o segredo daquele sorriso.

Uma vez vibrou, duas, três e uma quarta, em seguida luz tímida e branca piscando me notificava e como de costume procurei ver do que se tratava. Se soubéssemos o que estava chegando, quem estava chegando e o que estava trazendo, faríamos festa, explodindo em cores e sabores comemorando a chegada do amor. Todos os tons, formas e cheiros, uma seda, uma pimenta, uma pedra, uma medida e um espelho, verdade e paz, faríamos festa.

Há na vida as certezas e os rumos, saberes antigos e descobertas diárias mantendo-nos sob a vida sutilmente até que entre uma manhã e uma aurora recebemos em uma forma como a nossa, o amor, e quebra tudo, vira, muda, se instala e reforma, desfaz as malas e vemos que trouxe: simplicidade, reciprocidade, um diário com apenas 18 páginas escritas, àquele sorriso, esperança e um fardo grande feito de tranças de corda que permite avistar algumas dores e mágoas para serem deixadas. Quanta beleza.

Quando estamos próximos, o tempo não nos atinge, a distância está cedendo, traçamos um plano e sabemos a maioria dos resultados possíveis, a intensidade está aplicada em outro local e não vai atuar aos planos e sonhos os fermentando, estamos sintonizados e sensatos. Ela dá passos junto comigo, ela quer meu abraço e terá, ela apenas está, e basta, acabou de chegar mas já é. Hoje a pedi para ficar, ficar um sempre comigo, não é para sempre, estou aqui usando uma palavra nunca usada e mal descrita pelos dicionários, que bom que sabemos seu significado e sei que ela vai compreender que não quero medir isso, vai ser um sempre juntos, espero que ela fique.

Por favor, fique […]

Volte ao primeiro capítulo e tome nota do meu acontecido, estava inspirado e demorei para entender, repita o ritual, veja o que acontece, me diga depois se pensou nela, será que lhe surgirá um sorriso como o meu? Bom, eu sei o que me aconteceu e desde já, culpo alguém pelas palavras anteriores e vindouras.
A amo.

PORRaphael Lopes
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...