Vais-te Lembrar De Mim!

Vais-te lembrar de mim quando as saudades te visitarem, as lembranças ganharem vida e eu aparecer na tua mente.

Vais-te lembrar de mim! Na madrugada fria vais sentir o que eu senti, quando a brisa gélida te abraçar vais sentir a falta do meu corpo quente. O outro lado da cama, que outrora era ocupado por mim, vai estar vazio. A solidão irá invadir o teu corpo e será por mim que a tua voz gritará.

Quando as insónias te torturarem, vais implorar o meu amor de volta. Quando o teu coração sangrar vais desejar-me para te curar. Mas eu não vou estar aí. Vais sentir na pele a dor de uma ferida aberta que não sara. Eu também senti e ainda trago comigo a dor da ferida que deixas-te em mim.

A cada dia foste perdendo um pouquinho de mim e nem reparaste. A tua indiferença ia-me tirando, aos poucos, o amor que sentia por ti. Eu tentei avisar-te, mas não me quiseste ouvir, estavas a viver na ilusão e quem sofreu fui eu. Os beijos sem amor, os abraços sem calor, as palavras secas sem uma única gota de sentimento… Coisas pobres que recebia de ti.

Mas… Vais-te lembrar de mim! E quando esse dia chegar, podes chorar, podes gritar, podes implorar que eu não me vou importar. O desprezo que tiveste para comigo será retribuído em dobro. Eu também chorei até as minhas lágrimas secarem, eu também gritei pelo teu nome até ficar rouca, eu também implorei pelo teu carinho até ficar com o coração destroçado.

Deixaste-me ir de livre e espontânea vontade, por isso quando me vires feliz com outra pessoa não te surpreendas. Vais suplicar para eu ser tua novamente, mas eu já vou estar nos braços de outro alguém.

Vais-te lembrar de mim! As saudades vão-te sufocar e aí vais perceber que perdeste a mulher da tua vida.


PELA WEB

Loading...