Uma simples janela

Escolhe uma janela fechada, independentemente da vista que ela te possa dar. Uma simples janela, da mais pequena à maior que consigas encontrar.

Escolhe uma janela que te sossegue o coração. Uma simples janela que te dê satisfação observar.

Escolhe uma janela com a qual consigas conversar em silêncio. Uma janela sem detalhes daquilo que és.

Escolhe uma janela que sorria para ti. Uma simples janela que não te aponte defeitos, que não seja capaz de dissecar a tua alma.

Escolhe uma janela que consigas abrir, depois de várias tentativas. Não escolhas a primeira que aparecer sem teres a certeza. Tens de confiar primeiro.

Escolhe uma janela que te deixe voar sem teres de sair do lugar.


PELA WEB

Loading...