Uma carta para o meu pai com Alzheimer…

Já passaram 5 anos, mas ainda me lembro, ainda me lembro de como tudo aconteceu. Continuas a ser o meu herói, mas já não te lembras, já não sabes quem és, não sabes quem eu sou.

Gostava de te dizer o quão fazes falta aqui em casa, eu e a mãe temos sido fortes mas a tua falta será para sempre.

Gostava ainda mais de poder mudar as coisas, de te ter de volta em casa do que te ir visitar a um lar onde és o mais novo com os teus 51 anos de vida.

Mas a vida escolheu assim e apesar de podermos mudar muito, as escolhas da vida não se podem. Elas quando vem, ficam para sempre.

És o melhor do mundo, gostava que soubesses quem eu sou, mas o Alzheimer faz esquecer o melhor da vida, eu sei. Sei, mas não aceito.

Obrigado por teres sido sempre o pai de sonho, por tudo o que tens feito.

Levaste-me tantas vezes ao colo e agora chegou a minha vez, de cuidar de ti. De te dar razão quando a tua doença te faz dizer coisas que tu antes nunca dirias. Contar histórias com fantasia de uma criança, faça sentido ou não eu vou te dar sempre razão, para te fazer feliz mesmo que passado segundos já nem te lembres..

PORMariana
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...