A última Carta de uma Mãe!

Meu amor,

Se estás a ler isto é porque o tratamento experimental, não funcionou. Sei que corríamos imenso risco com isto mas vê o meu lado, eu podia ter sobrevivido e havia bastantes hipóteses.

Peço-te que não chores e que consigas ser forte pelos nossos filhos, eu sei que vais ser. Não deixes de passear naquele parque que tanto gostávamos de lanchar só porque já não vou contigo. Não deixes de fazer aquela lasanha tão saborosa que os nossos filhos tanto adoram, naquelas noites mais frias. Leva-os a conhecer os sítios em que fomos tanto felizes, para que eles fiquem com a certeza que fomos tão felizes como dizíamos e para que eles também o sejam.

Diz à Isaura que quando crescer vai ser forte e para que nunca se deixe ir abaixo com o que a vida lhe vai trazer. Diz-lhe e explica-lhe como ser mulher é complicado e como terá de ter cuidado. Mostra-lhe como foi uma vitória para nós e como a sua vinda foi algo pensado com imenso carinho e amor.

O Nuno… O Nuno, sendo o nosso filho mais velho, vai ser o que mais vai sentir a nossa separação, sê forte por ele e dá-lhe toda a força e apoio que ele nunca se vá abaixo. Ele não te vai dizer o que sente e vai se fechar, tenta que falar com ele e tenta que ele desabafe contigo, ele só precisa saber que estás aí ao lado dele. Sempre foi um rapaz maduro e isso vai ajudá-lo neste momento. Nunca me vou esquecer de como foram importantes, os nossos filhos, para a nossa relação.

Daniel, meu amor, não sei o que te diga… Sinto-me mal por muitas vezes não me ter conseguido expressar para te dizer o quanto te amo. Desculpa se não me sentei no sofá contigo, tantas vezes como queria. Desculpa por não te ter dado aquela “boa noite” por estar chateada. Desculpa por não te ter dado tanta atenção por andar cansada e por ter deixado que isso interferisse na nossa relação. Não te preocupes que nunca me vou esquecer de ti. Não me vou esquecer de todas as noites dentro que ficávamos a ver filmes enrolados naquela manta que compramos mal arranjamos o nosso apartamento. Não me vou esquecer dos nossos jantares enquanto andávamos na faculdade. Não me vou esquecer de cada olhar, de cada sorriso, de cada abraço, de cada noite a observar-te. Eu quero que sejas feliz e que não te prendas a mim nem ao nosso passado, usa-o apenas para que as tuas relações futuras corram tanto bem como a nossa.

Que a minha partida seja um motivo de felicidade para vocês, para que aproveitem a vida e que amem todos os dias quem vocês realmente gostam. Não chorem meus amores.


PELA WEB

Loading...