Tudo não passou de um sonho…

Chegou o Verão, chegou o sol, chegou as lindas ondas, a brisa fininha, as coisas boas do Verão, na verdade pensava que seria diferente este verão, pensava que teria o cheiro do amor, das palavras, das ternuras, do mistério, mas não, foi apenas um desejo, no qual o vento levou sem dizer nada, sem dar um sinal.

Fui atrás do amor, corri o oceano, corri as nuvens e fui, parecia um sonho, mas na verdade foi isso mesmo um sonho, que logo se transformou num pesadelo.

Dias após dias a lutar, na verdade não sei o que é que lutava? Para ter uma pessoa, aquela pessoa, ou contra a decisão que o mesmo tomou, não sei, lutava, todos os dias era um dia, com uma esperança, mesmo magoada ainda a tinha, ainda tenho, com medo, com feridas levantava e lutava, mesmo que as palavras doessem, sabia que esquecer seria complicado, porque nada se esquece, deixar de gostar também o seria, porque ao darmos tanto de nós e saber que tudo tem de começar de novo dói, mas mesmo assim vamos com o tempo, com a esperança, com a dor, com o amor, se calhar esse não existe ou que apenas faz mal.

Como se tivesse muitas pedras em cima de mim, por muitos desabafos, por muitos pensamentos, não saberia o que seria correto nem hoje sei confesso… Foi bom, foi mau, foi uma aprendizagem, foi um sonho, e é isso mesmo foi um sonho.

O dia de amanhã eu não sei, sei que nós fazemos a nossa história, sei que não podemos  fazer perguntas, sei que devemos ouvir o nosso coração. Ouve o teu e não tenhas medo de lutar, nada  é garantido, podes sair magoada, mas nunca estamos livres. Hoje escrevo, não sei como estou, por onde vou, não sei se vai melhorar, não sei se quero, sei que me magoou, sei que me magoa, sei que não quero pensar, mas penso.

PORFSAC*
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...