Deixa tudo e leva-me para casa!!!

Procuro o meu porto de abrigo, o sítio onde me sinta em casa, onde não me esconda nem receie nada, onde me sinta a vontade para ser eu própria. Um lugar onde sonhe em vez de acordar ensopada em pesadelos.

Um canto onde eu não tenha medo do escuro, onde não fique sobressaltada com gritos, onde as pessoas se amem incondicionalmente sem medo de o demonstrar. Algures onde o mundo não seja perverso e conspire sobre os inocentes.

Por ai, onde as coisas justamente são justas, onde a ironia não reine sobre a mesa de jantar. Onde as boas notícias sejam recebidas com um caloroso abraço e uma pontinha de orgulho, um brilho discreto nos olhos.

Local onde nunca somos velhos de mais, em que há sempre uma aventura. Um palco no qual os espetadores realmente prestam atenção á peça em cena. Uma pista onde posso correr até me fartar.

Um salão onde posso dançar ao ritmo da minha disposição pela noite dentro, sem julgamentos, com um sorriso maior que o quarto crescente da lua.

O alpendre onde posso contemplar as constelações e a cidade adormecida. O pátio onde posso dançar sobre a chuva e sentir-me viva e livre.

O quarto pintado de amor, com doces memórias cravadas na madeira, iluminada por palavras sinceras e de coração cheio, acompanhada pela melodia da tua respiração adormecida.

                Não sei onde estás, nem o que estás a fazer, mas deixa tudo! Deixa tudo, e leva-me para casa.

PORMaggie
FONTEDayDreaming
Partilhar é cuidar!