Tu és o meu passado …

Passam se dias, horas e nada, nada acontece, sei que tenho que esperar, e agora pergunto? Quanto tempo tenho que esperar, isto, está a dar comigo em louca e não pode ser, quero por um ponto final e não consigo, não dá, estou o dia inteiro a espera que me digas algo, mas sei que não vais dizer nada, nem sei se o vais fazer, pois, tu foste o primeiro a por um ponto final, todas as noites falo comigo mesma, e pergunto? Será que vens? Ou está na hora de partir de vez e sem retornos?

Sim, talvez esteja na hora, não posso continuar assim, hoje o meu coração está fechado a fazer o balanço deste ano, e tu ficas-te no meu passado, porque assim, quiseste e decidiste, cada dia afastas-te mais de mim, isso, não te posso perdoar nem sequer dar te outra oportunidade isso é indispensável, de tudo aquilo que vivemos, espero que te lembres da nossa história, e que daqui a uns anos, lembras-te de nós e dos momentos que a gente passou e o quanto foi bom, apesar, de queremos transformar o que vivemos no passado, que não queríamos remexer, e foi remexido, por algo motivo foi, espero que isto acabe e depressa, pois, ambos estamos a seguir em frente, para ti deve de ser fácil, para mim, já não, ambos, sabemos que já não estamos confusos, por simplesmente, tu não queres dar o braço a torcer, e não queres tentar ou recomeçar e o pior disto, é que já não vamos falar com falávamos antigamente, tudo isto demonstra que tu nunca gostas de mim, com ainda, me referis-te que sentias algo por mim. Será que ainda sentes?

Demonstra que tu não está interessado, em mim, ou em “nós”, nem sequer nada vai recomeçar, talvez, era isto que tu querias fazer-me sofrer, de facto sofri, mas, não vou voltar a sofrer, tu não sabes o que eu chorei e o que sofri, sabes que o simples, desculpa, não muda nada nem apaga nada, sei e vejo que não gostas mesmo de mim, por mais que eu não queira acreditar, tenho que acreditar, porque é a verdade, não te preocupes, eu já abri os olhos e percebi e vejo, que nada voltará, isso jamais aconteceria, de facto, deve ser mesmo o “nosso” fim, nada mudará o que já foi criado, nada mudará o que já foi vivido, e nada voltará.

É a hora, da gente seguir em frente, definitivamente, sem falarmos sem nada, apenas, seguirmos em frente, com as nossas vidas, sem voltar a olhar para o passado, está na hora de encontrarás alguém, tal como eu, já está, mais que visto, que isto, não tem saída alguma. Agora vejo e penso: ‘ Tu és o meu passado mais negro … ‘


PELA WEB

Loading...