Ter em ti todos os sonhos do mundo!

Gostava de ter em mim todos os sonhos do mundo.

Gostava que tudo pudesse estar em mim. Será isso viver?

Ser alta, ser musculada. Estar sempre morena e maquilhada na perfeição. Não ter dores a fazer a depilação nem por usar saltos altos ou até mesmo por estar com a menstruação.

Ter os dentes mais brancos que cal e umas unhas de gel com todas as cores da Terra. Ter um closet numa casa enorme e moderna, com piscina, decorada por mim. Dezenas de peças de roupa, caras… Centenas de pares de sapatos! Gostava de conduzir um carro mais caro que uma casa. Conduzir e possui-lo. Gostava de viajar para todos os destinos que me encantam, para todo o lado, a toda a hora.

América, Europa, África, Ásia, Oceânia…

Gostava de mandar no país. Governar com uma visão de jovem. Uma visão empreendedora, audaz e perspicaz. Gostava de apresentar as noticias na televisão e entrevistar imensas figuras. Gostava de dar concertos. Fazer espectáculos sem playback, cantar para grandes públicos! E tocar bateria. Ser médica, cirurgiã, ser actriz e usar a expressividade em algo, ser arquitecta e criar maravilhas.

Cozinhar na perfeição, dançar ainda melhor. Publicar um livro com milhares de palavras poderosas, bonitas e inteligentes. Investigar crimes! Fotografar e ser fotografada pelos melhores fotógrafos. Tatuar o corpo!

Já te imaginaste realmente a viver? A ser tudo isto e muito mais…

Será que podemos dizer que vivemos? Teres em ti todos os teus sonhos e objectivos concretizados, e sentires o sangue a palpitar-te nas veias a toda a hora, a todo o instante, seguindo o horizonte. Vives? Tens em ti todos os sonhos do mundo?

Sonha e contém em ti todos os sonhos do mundo. (se não os puderes expulsar)

Beber loucamente, em boa companhia, e fundar algo enorme ajudando quem precisa. Ser multimilionária. Ter paciência mas continuar a ser como sou. Casar de branco num vestido deslumbrante, de princesa, enorme, numa igreja coberta de flores, com um homem maravilhosamente encantador, de costas largas, barba curta… Fazer sexo selvagem. Ser boa a matemática, ser uma desportista reconhecida, ser uma mãe maravilhosa. Nadar com golfinhos, dar festas a tigres. Saltar de para-quedas! Viver!

Queria ter todos os sonhos do mundo, todos ao mesmo tempo dentro de mim, na minha vida. Uns dias assim, outros de outro modo. Comer comer e mais comer sem nunca engordar. Ser um pouco de mim a cada segundo e viver centímetro a centímetro com a intensidade de um quilometro, se é que um quilometro não é de menos.

Tu não gostavas? Não querias que tudo o que gostas se juntasse na vida perfeita? Serias todos os teus sonhos e jamais tornarias a colocar os pés no chão. A tua realidade era outra, eras algo diferente tempo a tempo. Infelizmente chegamos ao ponto verdadeiro, o realismo. Os contos de fadas não existem e contos impossíveis muito menos.

Mas lá que gostava de ter todos os sonhos do mundo, gostava.

Lembra-te, quem espera (e sonha) sempre alcança!

PORMarta, Alentejo
Partilhar é cuidar!