Te encontrei…

Na minha lista de resoluções pra vida, logo abaixo de plantar uma arvore, consta: encontrar meu grande amor.

Encontrei!

Não necessariamente o que eu procurava, mas o que preciso. Alguém que me entenda e aceite do jeito que sou. Que tenha um universo de particularidades a ser desvendado. Alguém que tenha tantas manhas e manias quanto eu. Que tenha no sorriso a curva mais linda do corpo e nos olhos o brilho que preciso pra me guiar. Alguém que seja meu porto seguro e vela para me impulsionar. E esse alguém és tu. Que desde o nosso primeiro cruzar de olhos me fisgou. Porque no instante que tu sorriste tive certeza de que nós dois tinha tudo para acontecer.

Aconteceu!

O destino cruzou nossos caminhos naquela noite de quinta-feira e, desde então, o que eram dois caminhos que rumavam sabe-se lá pra onde, passaram a ter um mesmo destino.

Pra onde esse caminho irá nos levar eu não sei, mas me basta como única certeza o amanhã na tua companhia. Porque desde que você chegou à vida tem sido mais leve. Ando sorrindo, e o motivo de cada sorriso tem nome e sobrenome, és tu. Quem invadiu meu peito e trouxe a felicidade consigo. Quem é dona de cada cantinho do meu coração. Quem eu esperei por uma vida, e por ti esperaria muito mais.

Espero que nossa historia siga sendo conjugada com verbos na primeira pessoa do plural. Nós dois, sem ponto final, até o fim.

Com o tempo aprendi que a vida simplesmente acontece. Independe do nosso esforço. Nós dois aconteceu há mais de trinta dias e desde então a felicidade se tornou rotina. O amor também.

Então fique, até que num desses finais de semana regrados a Netflix e negrinho de panela termine com qualquer duvida de que tu és a pessoa com quem quero dividir o resto dos meus dias. Fique e me deixe fazer morada no teu peito pelo resto da vida. Fique, pois quero ser quem vai dividir as contas do final do mês e uma cerveja gelada com uma porção de fritas e risadas na sexta-feira após o trabalho.

Fica, vai…


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...