Tão sozinha, sem salvação!

Quando chegas ao fundo ,aquele buraco que te sentes tão sozinha, sem salvação.

Que te sentes tão mal contigo própria.

Que finges um sorriso perante os teus amigos pois sabes que eles não te vão entender.

Essa  dor não tem, comparação ao que já sentiste antes é um aperto no coração que até sufoca a respiração.

Afastas-te de todos e rodeias-te no teu mundo, entras na espiral do desespero, gritas por ajuda, aos poucos desistes da tua vida. Parece um final tão triste, eu sei que não querias isto para ti.

Queres falar, desabafar o que for mas tens medo da rejeição, andas com mania de suicídio e com crises de depressão aguda não suportava. Se eu disser que hoje acordei triste, que foi difícil sair da cama, mesmo sabendo que o sol estava se exibindo lá fora e o céu convidava para a farra de viver.

Tu vais dizer “anima-te” isso passa, vais dizer que existe  gente vivendo coisas muito mais graves do que eu (mesmo desconhecendo a razão da minha tristeza).

Nem a tristeza, nem a desilusão, nem a incerteza… Nem o medo, nem a depressão… Por mais que sofra meu coração…Quero caminhar na certeza de chegar.

“A maior conquista da depressão é iludir um grande guerreiro dando-lhe a desastrosa sensação de derrotado.”

PORvanessa tusto
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...