Super mulheres…

Serei eu? Serás tu? Será a tua mãe, ou a tua vizinha?

Serão todas as mulheres? Talvez, porque não?

Há mulheres e mulheres, gordas, magras, altas, baixas, loiras, morenas, mais corajosas menos dramáticas, mais calmas e compreensivas ou menos agitadas e pacientes, mais loucas ou menos ciumentas, mais sábias e experientes ou mais sensíveis e delicadas, mas isso não interessa, o importante é que todas nós mulheres temos um pouco de super mulher.

Mulheres são seres inteligentes, especiais, misteriosos, incríveis, cheios de charme, encanto e beleza, são guerreiras e corajosas, são seres únicos e maravilhosos, com cabeça, corpo e coração.

São simplesmente lindas, mais fortes, e têm mais personalidade e bom senso do que alguns homens.

Elas sabem conduzir a sua vida com equilíbrio e responsabilidade sabendo controlar as suas tendências naturais a culpas.

Elas sonham, criam, trabalham, adiam dietas, cuidam, preocupam-se, bebem, comem, pensam, divertem-se, amam, acreditam, entregam-se, sofrem e mesmo assim vivem e lutam todos os dias por mais e melhor.

Mesmo com mais ou menos celulite, gorduras, rugas, cicatrizes, borbulhas ou marcas de estrias, somos mulheres e temos de nos saber valorizar, nós não fomos criadas para sermos pisadas, agredidas ou humilhadas, fomos feitas sim para sermos respeitadas, amadas e protegidas.

Mulheres são mulheres e só por isso merecem e têm todo o direito de serem felizes.

PORJoana G.Torres
Partilhar é cuidar!