Sozinha!

E hoje estou assim, fugindo mesmo de mim, a tentar encontrar um lugar para ficar.

E hoje estou assim a querer fingir dar certo quando tudo dá errado.

E hoje estou à espera que em mim a luz se acenda e me faça arrebitar.

E hoje estou tentando seguir sem medo de cair, sigo apenas rezando e com fé no amor.

E hoje estou a tremer de medo de mim mesma, meu coração não sabe fingir e é dura esta certeza.

Sozinha é como me sinto, em meio a um labirinto tentando não me perder.

Mas o pior nisto tudo é que perdida já estou e continuo a sofrer.

Sozinha mesmo rodeada do melhor de mim, tem dias que nem que uma tempestade caia, eu vivo em meio a um motim.

Sozinha tentando entender a confusão que eu sinto, meu coração está triste é duro mas eu não minto.

E hoje estou remando sem remos e sem o mar, apenas me apressando para a luz alcançar.

E hoje dói o meu peito que anda carregado de tristeza, não tenho e tenho motivos pode ser que talvez os esqueça.

E hoje sozinha eu choro à procura do meu melhor, a lágrima que cai devora mas sei que um sorriso me espera seja onde for.

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!