Sorri para a vida.

Hoje dei por mim a pensar, de novo. A vida prega demasiadas partidas, não facilita. Somos por vezes obrigados a encarar realidades outrora desconhecidas sem preparação prévia.

Pessoas entram na nossa vida. Umas deixam marcas, sejam elas boas ou más, outras simplesmente estão de passagem breve e irrelevante. E parte delas, assim como entra, acaba por sair por obra do destino… dizem. Também dizem que o tempo cura tudo e que a vida é precisamente isso.

Somos nós capazes de ser limitados pelo que dizem? Sim, a vida tem os seus quês. Sim, a vida nem sempre é branda. Mas olhemos à nossa volta! A nossa jornada tem uma duração desconhecida, mas todos sabemos que é finita. Vamos então ocultar-nos do mundo só porque a vida não sorriu? Tudo bem, hoje o dia não correu da forma que esperavas. Tudo bem, as coisas com o(a) teu/tua parceiro(a) não estão favoráveis. Tudo bem, falhaste á prova de matemática. Tudo bem, hoje falhaste no trabalho. Tudo bem, é compreensível. Mas já pensaste que cada falha na vida nos dá a oportunidade de uma melhoria contínua?

Encara os ditos azares de frente. Abraça um amigo, altera os planos de fim de semana, grita o que sentes ao mundo, move o teu mundo, arrisca no que te pode fazer sorrir. Sorri. Sorri para a vida.

PORAna Sousa
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...