Sonhos incompletos…

Ok… é agora, vou aproximar-me e dizer tudo o que sinto quando o vejo… humm… está a atualizar o snapchat é melhor não incomodar agora… será que ele sabe que existo? Como competir com aquele retângulo reluzente?

Estou aqui, ao teu lado… abre os olhos! Posso ser o que precisas…

Agora é a hora! Vou falar com ele… dei 3 passos… o som de notificação… desta vez é o Messenger… com quem estará a falar? Se a curiosidade matasse eu já não estaria aqui…

Reparo como as mãos dele são ágeis com as letras pequenas… e que mãos… poderia ficar bem com aqueles dedos entre os fios escuros do meu cabelo… Ops… espera… um sorriso tímido! Isto não é bom… será que aquele brilho nos olhos é por estar a falar com alguma que se adiantou?

Parece que guardou o aparelho que o liga ao mundo… são só mais 6 passos… mas quando estou no meio do caminho… outra vez? Hummm… agora foi para ver as horas… mais 2 passos… estou quase, e no mesmo instante põe os fones…
Como não vou conseguir competir com o virtual… só me resta fazer parte daquele mundo… tira os fones! Quero falar contigo! Não… espera… não sou boa com declarações…

Acabo de ter uma ideia… vou invadir o teu subconsciente… espero que aleatoriamente sem querer querendo o teu retângulo reluzente mostre as minhas fotos na timeline do teu facebook… que mesmo que não entendas agora que vejas as minhas indiretas no instagram… e que os teus fones te perturbem quando cantarem as musicas com as palavras que quero dizer-te… que sintas um enorme arrepio quando eu pensar em ti… e que te sintas incompleto nos dias em que não sintas o cheiro doce do meu perfume no ambiente que te rodeia… vou torturar a tua mente com sensações que não sabias que existiam! Vou fazer com que me queiras sem saberes quem sou…

Mas lembra-te… se sonhares comigo nunca vais ver o meu rosto… serei a mulher misteriosa dos teus sonhos… Então quando andares pela rua põe as mãos nos bolsos, tira os fones, e abre os olhos, talvez reconheças os meus traços … posso ser aquela que todos os dias cumprimenta-te com um sorriso… ou aquela que tu até ja reparas-te mas nunca me viste com outros olhos… Quem sabe se sou aquela que aparentemente ignora-te pelo excesso de timidez que abafa as minhas palavras… Mas quando descobrires quem sou prepara-te…


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...