Solidão…

Solidão. O que sinto agora é só isso. Sozinho neste canto escuro. É interessante ver como existem pessoas que gostam de nos ver fracassar. Pensava que já não existia gente mesquinha e horrível como esta que me fez sofrer.

Os amigos transformaram-se em inimigos e a minha luz de alegria transformou-se em sombra escura e sombria. Agora, acho que não devo confiar em ninguém e em nada. Mesmo se quisesse confiar em alguém ou em alguma coisa, não seria neste momento, porque estou só.

Se Deus criou o mundo para sermos felizes, então acho que desta vez se enganou, porque sinto tristeza e solidão. Acho que nada deste mundo me pode voltar a fazer sentir as coisas boas de outrora.

Nem o canto dos pássaros, a aurora, o nascer do sol e a música me reconfortam. Só a escrita me liberta completamente deste planeta negro, desta prisão cada vez mais poluída, mais horrível e mais cruel. Acho que a vida não faz sentido se estivermos sozinhos. A escrita é a liberdade da mente da pessoa!


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...