Serei eu, o rapaz dos teus sonhos!

A distância entre nós é o problema, pelo menos é o que dizes, e eu acredito. Sei que preferias não fazer da tua vida um vai e vem constante entre fronteiras – e estas são palavras tuas – e eu bem sei que a culpa é minha por te ter pedido para que voltasses atrás com a tua decisão.

O erro foi meu em ter-te demonstrado o outro lado da história e feito com que isso levasse a uma oportunidade contigo.

Ainda não nos tínhamos conhecido e eu já te amava desde sempre. Ainda não nos tínhamos visto, e eu já sabia que eras a tal.

Mas não podia pedir-te que passasses pelo inferno só para ficares comigo.

Não sonhas o quanto me custou dar-te para trás, o quanto me custou estar dias e dias a fio sem poder mandar-te mensagem, sem que me sentisse responsável por te colocar nesta posição. Nem sonhas o quão difícil foi para mim ter que negar as tuas chamadas e recusar os teus convites.

Mas tal como tu, deixei que desta vez a razão falasse mais alto que o coração. Todos os dias morro mais um pouco com saudade, mas prefiro saber que tomei a decisão certa, a viver na incerteza de ser ou não capaz de te amar a 1500 km de distância.

Um dia, quando voltar, prometo lutar por ti todos os dias, até que a razão e o teu coração estejam de acordo. Até que seja possível amar-te sem limites, cuidar-te e proteger-te.
Farei de tudo por nós, serei quem tu queres que eu seja, o homem da tua vida. Serei o teu marido, o pai dos teus filhos, o teu parceiro, o teu apoio. Serei eu, o rapaz dos teus sonhos.

PORRachel Stefan
Partilhar é cuidar!