Estudo revela que a qualidade do sémen diminui nas semanas académicas!!

Um estudo realizado no Centro de Biologia Celular da Universidade de Aveiro comprovou que a qualidade média do sémen da população durante as semanas académicas diminui claramente.

Este estudo foi levado a cabo por uma equipa, liderada por Margarida Fardilha, que recolheu amostras a cerca de cem estudantes antes e após as semanas académicas e depois de analisadas ficou comprovado que claramente, devido às enormes quantidades de ingestão de álcool (até 8 vezes mais de consumo por estudante), durante esta época festiva a concentração de espermatozóides diminui em mais do que 50% em cada amostra.

Um factor mais animador é que 3 meses após as semanas académicas os mesmos dadores “ofereceram” mais amostras e depois de analisadas verificou-se que as percentagens de espermatozóides presentes voltaram à normalidade, retornando então aos valores que se verificaram antes das semanas académicas. Pelo que então não se concluiu qual o efeito a longo prazo efectivo, parecendo apenas que passado um prazo alargado tudo volta ao normal.

Resta-me a mim dizer que dadas as condições de pouquíssimo discernimento dos jovens durante esses dias, em que facilmente poderão escorregar e até correr o risco de ter surpresas desagradáveis 9 meses depois, o consumo altíssimo de álcool é, para além das vantagens que todos sabemos, óptimo também como meio contraceptivo.

Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...