Sem-ti-mento

Era uma vez um anjo. Era uma vez um diabo. Era uma vez dois seres que se conheceram. Era uma vez dois amantes. Era uma vez uma história que começou a ser traçada na ponta da caneta. Era uma vez…

Começo por escrever esta carta com um sentimento diferente. Não sinto nada, mas ao mesmo tempo sinto tudo. Sou nada e ao mesmo tempo sou tudo.

Cheguei a casa após uma longa jornada, sentei-me na secretária puxei uma caneta e mergulhei no mar de folhas em branco, folhas que foram ganhando história e emoção. Tinha o corpo cansado. O coração pulsante revitalizava e regenerava a minha vitalidade e em cada linha soltava um sorriso, em cada parágrafo acabava por sair um suspiro apaixonado.

Por muito tempo tentei encontrar a felicidade num alguém. Queria ter a felicidade que me privaram. No meio da rua encontrei-te e o meu olhar não quis abandonar o teu corpo. A forma como me olhavas deixou-me desconfortável porque senti-te invadir o meu porto seguro. O teu olhar fez uma brecha no castelo de gelo que construí para habitar.

Conheces aquela sensação de assumir o controlo da vida? Desde esse dia tudo mudou. Sem procurar encontrei. Encontrei aquilo que durante muito tempo procurei. Sem pedir tive. Tive as borboletas no estômago, o sorriso malandro quando te via.

Os meus pensamentos formam o teu rosto na minha mente e um sorriso desenha-se no meu rosto. O teu beijo trancou as trevas e despertou o paraíso. O teu toque fez os meus sentidos encontrarem o prazer do teu calor.

Tenho tanta coisa acumulada dentro de mim, que apenas as palavras conseguem descrever. A saudade define a certeza que gosto de ti.

Sou eu livre de pesadelos quando sonho contigo. Tenho todas as galáxias dentro de mim. Por ti serei o cometa que vai agitar o teu mundo.

A lei é muito simples: quem não quer quando pode, não vai ter quando quiser. Se posso eu quero. Quero estar contigo. Quero que confies, te entregues e me deixes fazer aquilo que de melhor sei fazer: cuidar de ti.

Quero sentir-te. Preciso ouvir-te. És a luz que me guia para a paz. És a força que me faz caminhar, és a esperança que me faz acreditar. Deixa-me ser a vida da tua alma, ser o teu propósito, ser o teu tudo.

Juntos podemos acalmar as tempestades e encontrar o repouso, juntos podemos nos segurar. Porque és tudo aquilo que quero, és tudo que eu preciso, és tudo …e um dia serei o teu tudo.

Amanhã será um novo dia igual a este. Mas, de que adianta desejar um novo dia se contigo perdi a noção do tempo. O relógio devia dar-me um tempo extra ou parar só para ficar contigo eternamente.

Toda a gente tem um beijo que não esquece. Um amigo que nunca quer perder, um momento que nos envergonha. Um arrependimento profundo. Pudesse eu escolher uma memória. Se pudesse escolheria a nossa primeira troca de olhares.

Somos seres imperfeitos que buscam o melhor, o melhor de nós. O meu melhor encontrarei contigo.

Eu não disse ‘gosto de ti’ para ouvir isso de volta.

Eu disse para ter a certeza que sabias.


PELA WEB

Loading...