Sem razões e por todas as razões!!!

Hoje saí à rua e o vento bateu em meu rosto e através da luz da lua, vi-te por tanto te querer.

Então perguntei ao vento porque te amo tanto, tu és o meu alento, não percebo porquê o espanto.

O vento não me respondeu, calou-se e nada me disse, pois de tudo o que é teu, tenho o amor que sentiste.

Mergulhei meu pensamento no fundo daquele rio, tu és o meu momento, teu amor protege-me do frio.

Então pedi às estrelas o brilho do teu olhar, reparei no brilho delas e sei que é bom te amar.

A flor a desabrochar por entre o vasto jardim, o nosso amor a despontar, amor que nunca terá fim.

Meu amor não pergunte que não sei qual a razão, apenas sei que te dou o melhor do meu coração.

Amor teus braços é o meu abrigo, os segundos são escassos cada vez que estou contigo.

Amor instante, amor imenso, nos teus olhos a luz, amor sorrindo, amor intenso, em ti minha vida reluz.

Deixa-me soltar estas palavras que presas estão à garganta, minhas esperanças cruzadas, este amor já não me espanta.

Digo-te até o que não sei porque este sentimento é verdade e é por ti que viverei o melhor da minha idade.

Amo-te por cem razões ou até por muitas mais, sem razões sinto emoções, amar-te é demais.

Cem razões enunciaria mas as cem não bastariam, sem razões eu te amaria isso todos te diriam.

Sem razões trago-te comigo e por cem razões não te largaria, viver sem ti não consigo, estar a teu lado é alegria.

Tenho e não tenho razões para te amar tanto assim, todas elas são paixões que criei para ti e guardei em mim.

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!