(…) se tiveres dúvidas diz, adiar é mau, a vida é um jogo de tempos (…)

Quando tivermos alguma coisa a dizer a alguém diz, se for positivo ou negativo diz, se tivermos receio diz na mesma, se tiveres dúvidas diz, adiar é mau, a vida é um jogo de tempos, tempo para cicatrizar, tempo para amar, tempo para esperar, tempo para analisar, tempo para reflectir.

Tanto numa relação de amizade bem como de namoro, a comunicação é uma peça importante, é com ela que demonstramos o nosso desagrado, as nossas alegrias, as nossas histórias, as nossas bebedeiras, as nossas aventuras, as nossas maiores alegrias.
Por vezes precisamos de falar, de comunicar, faz-nos bem, liberta a alma, e podemos chegar a um consenso comum, a antecipar o inevitável, a resolver problemas futuros, por vezes temos medo de conversar derivado a ter um sentimento de culpa, um sentimento egocentrista, um sentimento orgulhoso, um sentimento que pelo passado ficou uma réstia de lembranças em que a comunicação fica para trás.

Uma palavra, uma frase de carinho, de preocupação, de querer bem, faz toda a diferença, por vezes nem sabemos quão é importante as nossas conversas com aquela pessoa, aquela confiança e cumplicidade que temos com ela, as conversas sobre tudo, as conversas quando essa pessoa está menos bem, quando damos na cabeça, quando deixamos o orgulho de lado, pedimos desculpa e admitimos nossos erros, dizemos o forte e fraco de cada pessoa o que mais gostamos e aquilo que gostássemos que fosse melhorado, quando elogiamos, quando brincamos, quando apoiamos, quando dizemos apesar de tudo eu estarei aqui, quando demonstramos que essa pessoa é muito importante para nós, somente com a comunicação fomentamos novos ares, novas aventuras, desenvolvemos o que temos de melhor, um dialogo da vida.

Resumindo, a comunicação é essencial, mais vale a sinceridade do que a falsidade, mais vale magoar no momento com palavras mas se calhar a pessoa precisa de ouvir as verdades, as pessoas só aprendem por vezes quando se perde, ou quando deixam de ter a mesma pessoa pelo que fazia outrora, a vida é um bloco de ensinamentos, cair para levantar, sofrer para vencer.