Se Te Debates Com Estas 6 Lutas, Então És Super Inteligente!!


Pessoas com uma inteligência muito acima da média não costumam ser muito sociais porque não encontram ninguém que partilhe dos mesmo interesses, no entanto, por muito inteligentes que sejam, não deixam de ser seres humanos.

Se conheces alguém que se debata com os problema que se seguem diariamente, então é porque estás a lidar com alguém extremamente inteligente que pode precisar da tua companhia para deixar de sentir tão sozinha!!

1. “Conversa da chácha” deixa-te exausta(o)

Este tipo de conversas aborrecem-te porque na realidade interessas-te por questões mais importantes, como ciência, arte, filosofia, que raramente se falam em conversas de ocasião.

2. Pensas mais do que falas

À medida que o teu cérebro está conectado para procurar todas as soluções e respostas possíveis para um problema, podes levar mais tempo do que uma pessoa de inteligência média para dar a tua opinião ou tirar uma conclusão.

3. O teu trabalho pode facilmente aborrecer-te

A necessidade que o teu cérebro tem de ser constantemente desafiado com ideias e projetos novos e maiores pode transformar o teu trabalho emocionante em algo comum e chato.

4. Por vezes sofres de paralisia de acção

Como estás muito consumida(o) com ideias diferentes, pode faltar o impulso de ação. Infelizmente, as pessoas tendem a confundir essa característica com a preguiça que te deixa a sentir subestimada(o).

5. És considerada(o) socialmente estranha(o)

Este ponto acaba por juntar todos os outros anteriores. O facto de sofreres com todos estes problemas, faz com que te feches socialmente e te tornes um pouco estranha(o).

Vê também: 7 Testes Para Comprovares Que Tens Uma Inteligência Superior!!!

6. É difícil para ti apaixonares-te

Como és muito mais cautelosa(o), analítica(o) e independente do que as outras pessoas, tendes a ser confundida(o) com alguém que seja fria e de alta manutenção. Além disso, falta-te espontaneidade às vezes, o que faz com que o teu interesse amoroso perca o interesse.

FONTELifehack
Partilhar é cuidar!