Ressentimento…

Afinal tens razão depois de ontem de me teres dito aquilo, parei no meio da rua a chorar baba e ranho não me consegui desapegar daquela dor que senti naquele exato segundo que saí do teu prédio,olhar para ti e ver que já não existia amor, eu que lutei tanto neguei conselhos daqueles que mais me amam para poder ter algo sério contigo diz me que que o fim não está próximo mas eu sei que está vi no teu olhar a frieza que me tratavas…

O sonho que estava a viver, mas de vez em quando existia uma voz na minha cabeça que dizia que o final estava próximo, cada passo que eu dava, cada movimento me fazia sentir perdida sem rumo a tomar, a minha fé está abalada,o meu coração magoado, minha alma apenas repartida em pequenos pedaços que não sei como se irão juntar de novo ou se esse recomeço é possível….Porém eu tentei juro que sim,tentei entrar no teu mundo ,dar-te a mão, quebrar aquelas barreiras que cada dia eram maiores,tentei dizer-te que eu não era o teu inimigo mas sim a pessoa que te amava,aturei tempestades do teu ser agora diz me de que valeu a pena ter-me atormentado,ter-me esgotado mentalmente por alguém que decide partir porque se fartou de ter alguém a seu lado ? Esse alguém que nunca te deixou, nunca deixou de te amar, que confiou em tudo contigo a seu lado,que suportou tudo calada mas nunca se esqueceu daquelas palavras que ate doí na alma pior aquelas que nunca se esquecem?

O medo agora vem ao aproximar-me de alguém apegar-me  apenas decidir ir embora, admito que ainda choro na noite mais profunda,apago a luz sento me no canto do quarto fones no ouvido a ouvir “too litlle too late “, ai essa musica fala tudo por si, sobre aquilo que sinto acerca do nós que teve um final indeterminadamente errado.

Ás vezes é difícil seguir o coração, uma coisa te digo as lágrimas não significam fraqueza como tu dizias apenas dizem o que tivemos teve significado e que doeu a tua partida mas deixa estar o tempo encarrega-se de me levantar do buraco em que me deixaste cair, quanto mais eu tentava menos conseguia, quanto mais tentava amenizar as discussões pior me tratavas pior me fazias sentir,quanto mais tentava ser “perfeita” mais tu criticavas…

Tudo dentro de mim grita “ele magoou-te,nem merece as tuas lagrimas quanto mais o teu sofrimento” sim é verdade mas quem vai dizer ao meu coração e quem vai mandar a saudade embora ?

Estou cheia de ressentimento, não consigo esquecer como me tratavas como me magoaste,pensei que conseguia perdoar-te porque eu não consigo seguir em frente, fingir  que está tudo bem ,nunca me vou esquecer aquela sensação de nunca ser boa o suficiente para ti, a melhor parte de mim te dei a ti foi sacrificada diz me o que fiz para não te merecer de corpo inteiro ? apenas por uma metade ? O que eu fiz e abdiquei para te ver feliz …

Desculpa se te amei como nunca tinha amado ninguém,desculpa ter me habituado ao aconchego da noite e o inicio da manhã contigo, desculpa ter-te perdoado vezes e vezes sem conta ,desculpa se sentir saudades de todos os momentos recordados,desculpa as lagrimas que choro pela tua ausência apenas desculpa este desabafo daquilo que eu nunca quis que tivesse fim.

PORVanessa Tusto
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...