Rabisca os teus sonhos

“Pega num lápis da tua cor favorita, rabisca os teus próprios sonhos, define as tuas próprias metas e luta com toda a determinação para as conseguir alcançar …”

Rasguei uma folha de um caderno qualquer, peguei num lápis de cor arco-íris e rabisquei os meus sonhos. Começou por ser um rascunho de um desenho inacabado e acabou por se tornar em algo extraordinariamente real. Porque quando queremos muito alguma coisa, acabamos por consegui-la, com esforço e dedicação.

Eu aprendi que quando desejamos muito que os nossos sonhos se realizem, não devemos nunca desistir. Devemos lutar por aquilo que mais queremos construir num nosso futuro próximo, devemos sempre lutar e nunca desistir só porque houve um obstáculo que foi de encontro ao nosso caminho.

Mesmo que percamos uma batalha, vamos à luta com cabeça erguida e com garra venceremos a nossa meta. Quando supusermos que as nossas forças estão a chegar ao fim, que já não há mais alento para continuar a lutar, não há que desistir mas sim recarregar energias e seguir em frente.

Sem objectivos, sonhos e metas definidas a vida perderá todo o melhor sentido que tem e o nosso mundo terá um breve fim.

Lutar e vencer são os meus dois lemas, são as primeiras palavras a aparecer no meu dicionário de vida, mas desistir é sem margem de dúvidas a palavra proibida do mesmo.

As minhas três melhores armas são o meu sorriso diário, a minha não desistência e a minha vontade infinda de seguir em frente.


PELA WEB

Loading...