Questiono-me mas não encontro resposta


Questiono-me. Não encontro resposta, mas acuso-me. Porquê? Porque é que me deixaste naquela noite de verão onde as estrelas brilhavam tanto, quando tínhamos música de fundo… Porque é que me deixaste e porque é que me deixaste numa noite tão bonita?

Sabes, já passou mais de um ano e a dor não passa, mas sim se espalha por todo este corpo e me torna cada vez mais fria, mais distante das pessoas. Deixei de confiar nos outros, deixei de gostar de mim, deixei coisas que gostava. Vês o efeito que tiveste em mim? Vês no que me tornaste?

Depois dessa noite de verão tiveste mais duas mãos cheias de namoradas. Foste feliz por momentos, e acredito que não tenhas sido mais porque eu era a única que te completava, era a única que acordava durante a noite e te deixava uma mensagem de boa noite, era a única que não se importava que engordasses se comesses bolo ou doces, era a única que ficava com o coração nas mãos quando te via triste, era a única que esperava por ti. Eu fui única para ti. Mas sabes, cada um sabe de si e tu fizeste a tua escolha. Deixaste de me incluir nos teus planos, deixaste-me para trás quando eu te metia à frente de tudo e todos.

Se doeu? Nem sabes o quanto. Só vais saber quando me encontrares agarrada a outro, como eu já te encontrei várias vezes. Se custou ver isso? Ai se custou… mas como sempre me ensinaram a sorrir e a vencer os meus medos, todas essas vezes não foram exceção. As minhas almofadas conhecem o sabor das minhas lágrimas, as minhas quatro paredes o som do meu choro meio sufocado e tudo o resto conhece o meu sorriso.

Como sempre desejei, e agora continuo a desejar, espero que estejas feliz. Embora tu não queiras saber e isso me magoe, eu vou estando. Felizmente tenho pessoas que realmente gostam de mim e jamais me abandonariam por qualquer coisas como tu o fizeste. Mas continua a viver os teus romances, pode ser que consigas deixar de estragar finais felizes. Good luck da tua ex.

PORM J
Partilhar é cuidar!

RECOMENDAMOS