Quero que saibas…

Quero que saibas que cada hora sem os teus beijos tem sido uma plena tortura, quero que saibas que mesmo que a minha pele nunca mais sinta o toque da tua, ela será eternamente fiel a ti, pois sei que nunca mais nenhum toque irá ser como o teu, quero também  que saibas que ainda penso em ti a cada segundo, e é somente a ti que eu quero deitado comigo, mesmo que em silêncio, porque o nosso silêncio sempre expressou mais do que as nossas palavras, principalmente as tuas, sempre tão vazias.

Quero que saibas que nunca te irei guardar rancor, mesmo que tudo isto me doa, e nunca deixarei de te amar mesmo que seja essa a tua vontade. Quero que saibas que estar sem ti é como uma completa ressaca, agora entendo quando me diziam que o amor era uma droga, tu eras a minha.

Quero que saibas que não te escrevo com o intuito de te fazer voltar, porque sei que nada do que diga adiantará. Quero que saibas que se alguma vez não te dei algo que precisasses não foi por falta de vontade, mas sim por falta de meios. Quero que saibas que sempre te quis fazer o homem mais feliz do mundo e que lamento cada hora que passo sem ti que não o tenha feito.

Quero que saibas que choro, choro muito, principalmente à noite, quando não estás aqui para me abraçar como antes, mas não quero que tenhas pena de mim, se te escrevo é só para poder exprimir o que talvez nunca te tenha conseguido fazer entender. Quero que saibas também que se te sufoquei foi pelo medo que tinha de te perder, mas infelizmente foi isso que te afastou.

Quero que saibas que me arrependo por cada discussão sem sentido, e por todas as vezes que não te deixei ser quem eras, lamento mas quem tu és, não se encaixa nos meus padrões, e por mais que te ame há coisas que não se aceitam. Quero que saibas que cada vez que me fizeste mal o meu coração quase rebentou e as minhas pernas quase cederam de tanta dor, mas sempre pensei que era melhor ter-te assim que não te ter de todo, enganei-me.

Quero que saibas que cada vez que deito a cabeça na almofada é o teu cheiro que aparece e as nossas imagens que me passam pela cabeça, não consigo nem quero desejar mais ninguém. Estou sentada a escrever-te na cadeira que tu montaste ao contrário e que depois foi um trabalhão para desmontar, lembras-te? Reclamei contigo mas achei um piadão ao teu jeito destrambelhado, tenho o computador em cima da mesa que montámos juntoss e que tu davas sempre a entender que faço tudo mal. Não sabes o quanto hoje valorizo esses momentos.

Quero que saibas que ainda me lembro da primeira noite que passámos juntos, ainda me lembro de como gostei que alguém me acordasse com beijos, e tu não imaginas o quanto sempre odiei isso. Quero que saibas que me lembro de cada desgosto que me deste e ainda me dói de cada vez que o faço, mas o meu amor por ti sempre foi maior que a minha raiva.

Quero que saibas que sempre te amarei como prometi, e nada do que faças pode mudar isso, mas infelizmente já não tenho força para lutar por dois, quero que saibas então que finalmente te deixo ir.Quero que saibas que ao contrário de ti nunca precisei de mais ninguém para me sentir completa ou feliz, tu eras tudo o que eu precisava para tal, e que agora voltar a estar com os meus amigos não significa nada porque tu não sais da minha cabeça. Não quero que me respondas, que me digas o quanto escrevo bem ou o quanto gostas de mim também, porque eu não gosto de ti, eu amo-te e essa sempre foi a diferença entre nós.

Quero que saibas que te amo mais do que a mim própria e não imaginas o quanto isso me deixa triste. Quero que saibas que te quero feliz, sem mim, sempre o foste e eu não tenho o direito de te tirar isso. Quero que saibas que serei sempre tua e que espero que nunca duvides disso. Beijo. Sê feliz.

PORAna Costa
Partilhar é cuidar!