Quanto te olhei pela primeira vez…

Talvez seja a primeira vez que isto me acontece,
Mas o meu coração bate cada vez com mais intensidade. Olhei-te por instantes
E nada mais ficou como eu esperava que ficasse…
O mundo parou. O meu coração acordou. E… e eu talvez eu tenho aprendido o que é amar.
O que é realmente amar, o que é finalmente viver por inteiro ao lado de alguém,
Que me faça ser eu da forma mais verdadeira possível.

E não paro de pensar na maneira como podemos dar o nosso primeiro beijo…
Não podia haver hesitações, não podíamos ter medo de errar.
Porque dentro de mim só há sentimentos a crescerem, um coração a explodir,
E um mundo completo para abraçar… por me ter dado quem me deu!

Posso saber se sentes o mesmo que eu? Se tens o coração a sair-te pelo corpo?
Se tens vontade de gritar pelas ruas que tu também me queres como eu te quero a ti?
És capaz de me dar as certezas de que tanto preciso?
Ou estarei eu a imaginar histórias dentro da minha cabeça?
Apenas preciso de ouvir o silêncio dos nossos olhares. E saber que dentro de nós…
O amor é tão perfeito.