Quando te lembrares dela…

É meu amigo ela não entende mais as tuas desculpas, essas em que ficas enrolado e acabas por dizer que o dia foi cansativo, e precisas sair com os amigos e tomar uns copos para não explodires.

Ela não aceita mais essa conversa de que o teu amigo estava com problemas e tu precisavas escutá-lo, coitado.

Outra coisa também que ela não entende é o facto de preferires ficar em casa em frente ao plasma a jogar WRC ao invés de levares a tua princesa para tomar um café no shopping.

Talvez quando te lembrares que tens uma princesa ela já esteja suficientemente conformada com a tua ausência, e tu nem terás notado que ela deixou de insistir.

Ela deixou de ligar e perguntar se estás bem disposto e menos cansado, ela também deixou de sugerir que a encontrasses depois do trabalho só para conversarem um pouco.

Quando te lembrares dela, ela já terá ido embora, terá arranjado outro objetivo e tu serás apenas passado.

A tua vidinha vai continuar a mesma e os seus problemas serão maiores ainda, pois não estará ao teu lado a princesinha que te ligava a toda hora, que se preocupava, que te desejava melhoras ou paciência.

Quando deixares de ser por ti mesmo e aprenderes a ver com outros olhos o que a vida te proporcionava, liga-lhe e diz-lhe que ela é espetacular e que não soubeste reconhecer.

Do jeito que ela é, provavelmente vai achar super fofo da tua parte e derreter-se um pouco, mas enquanto tu a ignoravas ela cresceu, então podes ter a certeza, ela nem sequer pensará em voltar para ti.

Porque ela esgotou-se de ti e das tuas desculpas ensaiadas à pressão.