Quando eu me sinto só

Por vezes sinto-me só. Por vezes muitas vezes. Quando eu me sinto só, só quero ficar sentada… imóvel… a olhar o nada. Olho o nada porque dentro de mim passam, ou melhor, correm imagens, sons, momentos, coisas, pessoas, músicas, sorrisos, lágrimas, memórias, futuros que imagino…

Quando eu me sinto só quero ficar ali, parada e perdida nos meus pensamentos. Sejam eles bons, sejam eles maus. Quando eu me sinto só alguém o permitiu, então tenho o direito a usar o meu tempo da maneira que quiser, e se for prostrada numa qualquer posição a deixar a minha cabeça girar, que seja!

Agora já só quero que não me digam nada porque se disserem … se disserem os pensamentos tornam-se lágrimas muito depressa. Serei só maluca? Mas se for só maluca pelo menos estou só. Não incomodo ninguém.

Quando era mais nova fazia este pequeno ‘exercício’ de me sentir só todas as noites. Agora que penso nisso..de facto estava. O que é que mudou então?

PORMara Rita
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...