Procura-se um amor…

(Leia ao som de Find Me)

…que goste de viajar, que me guie pela mão e que eu confie até na escuridão. Que me acorde devagarinho e diga que o seu amor é só meu aqui, na lua, ou em qualquer lugar. Leve-me pela mão e me mostre o caminho pro seu coração.  Venha amor me encontre no meio da estrada, não importa se vai ser de carro, de trem ou de avião. Procura-se um amor que me encontre no meio do caminho da muralha da china, mas que não corra para o lado contrário porque o único lugar reconfortante é dentro do nosso abraço.

Que me ame no inferno do deserto do Saara, sob um céu de brigadeiro em algum lugar do mundo, ou no frio inverno do Himalaia. Um amor que me pegue pela mão e me leve pra ver o mar. Mergulhar no meio do oceano e poder (a)mar até debaixo de água. Que queria dormir comigo numa rede, sob lençóis de seda ou em uma barraca no meio do nada. Um amor que não venha para julgar e sim para acrescentar, somar histórias e experiências. Que  assuma o risco, que assuma para os amigos, pra família e que não tenha vergonha de andar de mãos dadas contigo em qualquer lugar. Que o amor seja o mesmo no Brasil, no Porto, no Japão, sozinhos ou no meio de uma multidão.

Procura-se um amor que chegue de mansinho, que se aproxime devagarinho e não tenha medo de ficar. Que não tenha medo de voar alto ou de saltar sem para quedas. Um amor que conserte ossos quebrados que saiba costurar e que repare meu coração em retalhos.  Um amor que te faça sentir borboletas no estômago e ver fogos de artifício mesmo em um céu nublado. Um amor que passe confiança com um simples olhar. Procura-se um amor com quem não seja preciso se preocupar se no dia seguinte vai ou não te ligar, porque você tem a certeza que ele veio pra ficar.

Procura-se um amor que não se importe com o tempo ou com a distância e me encontre em qualquer lugar. Um amor que mesmo tendo viajado por todo o mundo, volte sempre para o nosso lugar. Procura-se um amor que não tenha medo de tentar e que nunca me deixe duvidar que no final de cada trilha é lá que ele vai estar.

PORCarla Rocha
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...