Para sempre?

Muitas vezes dizemos que nunca se deve dizer nunca, pois ninguém te garante que a vida não te vai dar aquilo que não esperas, então se nada é certo porque prenunciamos o “para sempre”, será esta expressão uma mera ilusão?

Hoje em dia, é tudo tão automático que muitas vezes as palavras saem sem termos noção daquilo que realmente estamos a dizer, nem da mensagem que passamos para quem nos ouve… podes até pensar que és independente a nível emocional, mas lamento dizer-te, por mais que queiras é impossível agires como nada se passasse quando quem te é importante não está bem, já ouviste dizer que quando se gosta de alguém, seja de que forma for, sentimos a dor que se vê nos olhos dessa pessoa?

Podes não te ir abaixo por completo, podes fazer a tua vida normalmente mas vais te apanhar em algum momento a pensar em como aquilo aconteceu, em como as pessoas mudam… nós mudamos, aliás a vida muda-nos aos poucos, a pessoa que tu és hoje não será igual a que serás daqui a um ano… os teus dados serão os mesmos, mas a tua personalidade mudou de alguma forma mesmo que na altura não te tenhas apercebido.

A pessoa que foste ontem não seguiu para sempre, sofreste mudanças, e não falo das físicas mas sim daquilo que levas dentro de ti!

A vida é feita de mudanças… hoje podes dizer perante todos os que te são importantes, que amas alguém e que a queres para sempre contigo e amanhã podes perceber que essas palavras mudaram, que do teu lado essa pessoa não irá ficar, mas diz-me uma coisa: vais esquecer essa pessoa para sempre? Não adianta dizeres que sim, porque isso não vai acontecer… vai haver sempre algo que a leve até a tua mente, no inico vai ser ódio mas um dia mais tarde será, simplesmente, uma boa lembrança.
Por mais que evites vai sempre existir aquele momento em que vais perguntar a ti mesmo/a se o “para sempre” existe…

Talvez o “para sempre” seja completo de mudanças… se disseste que era para sempre é porque era ou ainda é importante e o que um dia é especial não se esquece!