Porque eu ainda acredito no amor…

Recordo-me de todas as vezes em que os meus olhos se encheram de lágrimas,
De me recordar de todas as palavras ingratas, de pensar desistir de vez, de me perder por aí,
De não ser quem eu mais queria ser em toda a minha vida.

Pensei já ter encontrado antes, mas onde quer que tu estejas…
Quero que saibas que não terei medo de me entregar a ti.
Que serei teu, com todos os defeitos e qualidades.
Que irei percorrer o mundo só para estar contigo.

Sempre que me recordo, vejo o meu passado despedaçado,
O meu corpo ferido, a minha alma esquecida.
Sempre que me lembro que nunca encontrei quem eu mais queria,
Quem eu mais desejava, sinto que nada fez sentido em mim.

Até ter percebido que tudo vale a pena, que o tempo nos diz tudo o que queremos saber.
E eu irei esperar por um amanhã melhor…
Irei esperar para ser feliz algum dia. Mesmo que não seja já. Mesmo que engane algumas vezes pelo caminho.
Porque eu ainda acredito no amor…
E isso é suficiente para eu sobreviver hoje!