Porque É Que Engordamos e Como Dizer Adeus Às Gordurinhas!!

Para realizar todas as funções do nosso corpo, nós precisamos de combustível, que é a nossa querida comida. Hoje em dia, para a maioria das pessoas a comida passou a ser representada quase que exclusivamente pelo grupo dos alimentos industrializados, pela praticidade e pelo sabor que vem modificando o paladar. Alguns exemplos são os achocolatados, barras de cereal, biscoitos, doces em geral, massas, pães e refrigerantes.

O processo de industrialização dos alimentos retira muitos dos nutrientes saudáveis, e é acrescido de vários componentes químicos para conservar, estabilizar, dar sabor, e tudo isso passa a não ser tão saudável e muitas vezes prejudicial.

Portanto, se você é daquelas pessoas que gosta de tudo o que já vem quase pronto e embalado, alegando que não tem tempo para preparar seus alimentos, sugerimos que repense urgentemente suas prioridades, pois você pode estar se prejudicando e muitas vezes indo de encontro às doença.

Afinal de contas, por que engordamos?

O processo de engordar significa formar e armazenar gordura dentro do nosso organismo. O que muitas vezes não percebemos é que pode estar aumentando a massa gorda e perdendo a massa magra sem ter alteração no peso da balança, ou o contrário.

Engordar é um processo bioquímico, que ocorre em nível celular (fígado e em células adiposas). Esse processo é depende mais dos níveis de insulina em nosso organismo do que das calorias que ingerimos.

A insulina é um hormônio que promove a conversão da energia ingeridas em gordura, que é estocada quase sem limite na forma de triglicerídeos dentro das células adiposas do nosso organismo.

Aqui mora o perigo, a maioria daquilo que comemos pré-pronto, muitas vezes apresentado como saudável pela indústria, provoca alterações na glicose sanguínea, e consequentemente aumenta os níveis de insulina de forma exagerada, provocando a formação de gordura.

Para conseguir emagrecer é necessário utilizar a gordura que foi anteriormente armazenada como fonte de energia. Porém, só é possível queimar essa gordura quando não há o estímulo de formação de novas gorduras, ou seja, quando os níveis de glicose sanguíneos ficam estáveis.

Para colocar isso na prática em seu dia-a-dia e observar o seu emagrecimento na balança e principalmente em roupas, devemos cuidar do que colocamos em nosso carrinho de supermercado, aumente o consumo dos alimentos mais naturais (frutas, verduras, legumes), deixe de lado aos poucos os industrializados. (Falarei mais sobre isso em outro post).

Pequenas mudanças diárias e persistência fazem a diferença!


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...