Ponto Final!

Já passou muito tempo desde a nossa ultima conversa e da ultima vez que estivemos juntos. Não sei como tens estado nem como está a tua vida. Não te vou esconder que me preocupa não saber de ti porque, sim preocupa-me. Mas tive de aprender a viver com isso. Também, não vou negar que quando me dizem algo sobre ti, que digo “O que é que isso me interessa?” quando no fundo quando oiço o teu nome, tudo pára e fico só a ouvir o que estão a dizer sobre ti.

Mas, ao fim deste tempo que passou vejo que tu eras a pessoa pela qual eu estava disposto a dar tudo. Sim, fiz coisas menos boas, que eu pensava que estava a fazer bem, que iam mudar alguma coia… E de facto mudaram, mas para pior. O que já estava complicado ainda ficou mais. Custou tanto, tanto mesmo. Deixaste-me na altura em que mais precisava de ti. Cansaste-te cedo de mais, na altura em que eu tinha tanto para te dar. Há feridas que demoram mesmo muito tempo a sararem e outras que acabam por nunca sarar.

Podíamos ter sido tanta coisa, mas acabamos por ficar desconhecidos. Ainda hoje me pergunto como é que consegui estragar umas das melhores coisas que tinha.

E no final, meti na cabeça que nunca mais te iria ter comigo. Percebi que o nosso “Nós” teve um “Ponto Final” e que a tinta para voltar a escrever a nossa história, acabou.

PORDaniel Silva
Partilhar é cuidar!