Poetisa eu não sou!!

Transcrever para o papel,
É a melhor forma de expressar o que sinto,
É como se na tela fosse o pincel,
E o meu retrato eu pinto…

Na poesia posso ser transparente,
Demonstrar tudo o que sou,
Expressar o que me vai na mente,
Consigo ser a filha que a minha mãe sempre sonhou…

Poetisa eu não sou,
Mas consigo tocar bem lá no fundo das pessoas,
Sempre que me chamarem eu vou,
Pois as palavras expressão sensações boas…

Escrevo para quem amo,
E para quem precisa de um ombro amigo,
Dou tudo o que tenho,
Podem contar sempre comigo…

Sou uma pessoa simples,
Mas muito dedicada,
E cuidadosa com as palavras,
Pois quero que as pessoas se sintam realizadas…

Cada quadra,
Expressa sua história,
As palavras são bem guardadas,
Como se fossem uma memória…

Memórias inesquecíveis,
Impossíveis de apagar,
Simplesmente insubstituíveis,
E que fazem as pessoas de novo pela sua vida lutar…

Ajudar as pessoas é o meu lema,
Pois se eu não ajuda-se,
Eu não seria a mesma…

Para todas as quadras há um tema,
Seja bom ou ruim,
Para uma cada dilema,
Que se expressão através de mim…

Consigo dizer o que as pessoas pensam,
Mas não tem coragem de dizer,
Várias vezes mentem,
E o medo acaba por vencer…

Medo de exprimir os seus sentimentos,
E assim ficam reservados no tempo,
Por breves momentos…


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...