Perfeição é uma palavra guia…

Todos temos momentos fracos. TODOS, sem excepção. São momentos sem os quais não poderíamos viver, pois o bom não vive sem o mau. As coisas boas não teriam tanto gosto se as más não existissem, pois fazem-nos senti-las ainda mais importantes e significantes(se pensarem bem no assunto, é verdade). Nada é perfeito, nem nunca será. E sim, eu não acredito em perfeição, porque se tal existisse nada mais seria preciso fazer no mundo. O termo perfeição existe praticamente para termos uma “linha guia”, a linha que nos guia para algo melhor do que aquilo que somos no momento presente. Faz sentido? Sim. Pelo menos para mim.

Eu não sou perfeita, mas quero ser cada vez melhor naquilo que faço, mas não quero ser perfeita porque isso significaria o fim da minha evolução. Não é isso que desejo para o meu ser. Tu não és perfeito/a naquilo que fazes (e gostas), mas lutas para ser melhor todos os dias, certo? O que farias se um dia descobrisses que és perfeito? Nada…pois não haveria mais nada a fazer, serias O/A senhor/a perfeito/a! Mas não, não penses assim, é demasiado medíocre. Perfeição é só uma palavra guia, fixa isto na tua mente, para o teu próprio bem.

Sempre que tenho um momento menos bom, de alguma forma a determinado momento, eu consigo sair dele uma pessoa melhor. A resposta a isso? Aprendi. Aprendi algo com esse momento. Tornei-me uma pouco melhor sem dúvida. De certo modo, a minha visão sobre o ano novo mudou um pouco e essa mudança partiu de mim (e isso agrada-me bastante, pois é mais uma evolução minha). E tudo se conectou naturalmente. As pessoas só fazem planos grandes no ano novo, na noite de ano novo. Porquê? Vamos fingir que o ciclo não existe. Que os dias são corridos e não existem anos a separá-los. Quando é que vocês fariam os vossos grandes planos de vida? Nunca? A vida é aqui e agora. Estás mal em algum ponto da tua vida? Muda. Sentes-te mal com o teu estilo de vida? Muda. Queres viajar? Vai! Não podes agora? Planeia AGORA, para daqui a algum tempo poderes ir. Se esperares pelo ano novo, simplesmente não vais. Queres emagrecer? Porque raio vais esperar por Janeiro para fazer mudanças saudáveis para a tua vida? Este ano não pedi desejos à meia noite de dia 31.

Afinal de contas a meia noite é diferente em vários Países. Enquanto que eu festejei a passagem a uma hora, a minha família e amigos festejaram uma hora mais tarde. Quando era suposto eu pedir os desejos? Na “minha” hora ou na deles? Que se lixe, os desejos são para ser pedidos quando eu quiser e melhor, realizados SEMPRE que puder!

Estás à espera do quê? Guia-te pela perfeição para evoluir e jamais estagnar!

Lembra-te sempre: a perfeição é só uma palavra guia.


PELA WEB

Loading...