Perdi-te…

Infelizmente o ser humano só valoriza quando perde, e eu perdi-te…

Perdi-te da forma mais burra e estúpida que podia haver, tudo por causa da minha maneira de ser.

Hoje estou aqui para confessar a minha culpa, sei que tudo o que eu fiz não tem desculpa.

Tu? Tu mudaste tudo, mostraste me o que era verdadeiramente ser amado e com uma grande amizade eu fiquei apaixonado.

Tu és simplesmente linda e perfeita, és a mulher com que qualquer homem sonha, tu eras a minha eleita.

Eu? Eu fui egoísta, um burro, um otário, triste, fui uma besta e um perdedor, nunca na vida te devia causar esta dor.

Hoje sei que merecias mais e melhor, sei que errei, que falhei, que muitas vezes te abandonei e muito pior sei que te magoei.

Pensava e acreditava que ia ser para sempre, mas hoje, no presente vi que andei demasiado ausente, andei demasiado tempo agarrado a ilusão,e hoje infelizmente sou o teu principal motivo de desilusão, pensava que conseguia fazer-te sempre feliz, pois tu eras a mulher que eu sempre quis.

Nunca te dei todo o carinho, atenção e amor que precisavas receber, deixei de me esforçar e de te surpreender e isso acabou por me fazer tudo perder.

Hoje sei tudo o que eu devia ter dado, de tudo o que eu devia te ter provado, fui muito duro contigo, quando tu foste sempre a melhor das melhores comigo.

Nunca fui homem para ti, nunca te provei o quanto te amava e hoje estar ao teu lado era o que eu mais desejava, mas sei que não vai acontecer, pois nunca devia te ter feito sofrer.

Hoje quero e desejo mesmo muito que sejas muito feliz, é verdade sim, mesmo que nunca mais penses ou te lembres de mim.


PELA WEB

Loading...