Perdas de tempo…

Passou-te pela cabeça que se talvez se me tivesses pedido , eu tinha saído da tua vida com um simples ” Adeus , até breve ” ? Preferiste arrancar-me á força . Esse sempre foi o teu mal. As coisas tinham de ser sempre á tua maneira.
Aliás , eu nunca vou perceber o porque de teres ido embora se nem sequer tinhas para onde ir. Passou demasiado tempo e tu continuas o que sempre foste: um vagabundo. Continuas o mesmo falso e hipócrita que eras , mas que eu nunca conheci.

És um perdido no mundo . Gostava de saber porque gostas tanto dessa vida que levas. Faz-me confusão . Nunca pensei que te fosse ver assim . A seres igual aos outros. Porque afinal é isso mesmo que és , certo? uma pessoa fria , sem sentimentos com o coração mais vazio do que o café da esquina quando há arraial no centro. Despertaste em mim o meu pior lado.

Nem vale a pena perguntarem-me se ainda gosto de ti , eu esforço-me ao máximo para não gostar. Mas mesmo assim , hoje lembrei-me de ti. E lembrei-me também do pedido de desculpa que me deves . Pelas coisas que não fizeste , pelas vezes em que te esqueceste de te lembrar de mim , pelas palavras que não disseste , pelo tempo que não gastaste e acima de tudo por não teres uma desculpa para todas as desculpas. Sabes o que acho? que cada vez estás mais parecido comigo.

Mas desta vez abusaste , desiludiste-me mesmo. Tens um feitio horrível sabes? atrevo-me a dizer que é pior do que o meu. Não te estou a julgar nem tenciono fazê-lo porque somos iguais! Muda , para teu bem. Abre os olhos e ve o que tens! És um rapaz cheio de sorte e um dia vais ver isso. Mas isso não vai acontecer já e sabes porque? Porque és fraco. Falta-te perder alguém que ames , falta que as pessoas te conheçam de verdade. Ias surpreender alguns e desiludir a maior parte , mas já é mais do que tempo. Deixa cair a máscara , o Carnaval já passou.

PORBárbara R
Partilhar é cuidar!