Pelos vistos esquecer-te não é uma opção…

Pelos vistos não é uma opção, não posso escolher a opção de te esquecer. Infelizmente para mim, porque estar constantemente a ser massacrada pelo teu sorriso no meu pensamento, quando éramos ” nós ” e agora passamos a ser ” eu + tu e ela ” magoa, mais do que o normal, e acredita, não é dor física.

Pode ser que um dia passe por ti, de mão dada com aquele que deve ser o ” tal “, que dizem que um dia chega, para mim já chegou, quando chegaste tu com um sorriso de orelha a orelha, com a tua maneira mais doce de falar comigo, com o meu ideal.

É verdade que depositamos um no outro, confiança, amor, um para o outro, estarmos ali. E agora, só estou eu para ti, e tu para mim? Será que vale a pena esperar? Eu digo ” está tudo bem ” ou até ” já nem me lembro dele “, mas eu sei, que não estou bem, e que faço questão de me lembrar de ti todos os dias, de ver e rever os nossos momentos, os NOSSOS, que neste momento deixaram só um pedaço deles, a saudade! Ai que ela magoa tanto, ela não perdoa nem 1 minuto.

Desculpa se não fui boa o suficiente, ou tu, que não foste bom o suficiente para aguentar a mulher que tinhas do teu lado.

Mas não preciso disto para a minha vida, só precisava de ti, nada de saudade, ou dor, e tu abandonaste-me.

Sofro todos os dias de estar longe de ti, digamos que era dependente da tua voz no meu ouvido, do teu abraço no meu corpo, do teu beijo que era único, pois, era teu. Penso que esquecer-te não está na parte das opções, aliás em nenhuma delas, porque enquanto eu tiver motivos para continuar na minha e única luta infalível, não há esquecimentos para ninguém.

Sinto a tua falta, sonha comigo, e acorda para realizar, ou eu realizarei por ti, beijo com saudade!

PORRafa
Partilhar é cuidar!