Onde estarás tu?

Procuro-te todos os dias. Mesmo que seja nos meus sonhos. Procuro-te porque a tua ausência mata-me. Procuro-te porque o teu respirar faz-me falta. Procuro-te porque procurar-te é  a única coisa que me mantém viva. Porque a esperança é o único que me acalma. Existem quantas formas de amar? Podes acreditar que te amo, por todas elas. Amo-te com o amor mais verdadeiro que pode existir. Amo-te,por seres parte de mim, por seres meu filho. Amo-te,por seres meu filho….

Como pode o destino condenar-me assim? Como pode ele desaparecer com algo,tão meu,como tu és?!

Onde estarás tu?

O desespero apodera-se de mim. O medo da morte é inevitável, e a tua saudade insaciável. Quantos segundos tem um minuto? Um milhão? Choro em cada um deles, por uma vida que foi, e desde então não voltou. Por uma vida tão minha… Não queria tornar-me repetitiva, mas existe outra forma de te mostrar que te amo, sem ser dizendo que me pertences?

Pertences-me pelo destino. Um abraço,era o único presente que queria, o único pedido que faço. Um abraço, ou um simples olhar. Bastava-me saber que estas bem,para ficar bem. Será que aceitam uma troca? A minha vida pela tua?  Espero encontrar-te,porque a tua ausência é como a morte. E não existe pior morte, do que continuar viva.


PELA WEB

Loading...