Olha como passa!

Hoje acordei e me vi com os olhos cheio d’água me perdendo em pensamentos. Já estamos longe faz um mês, não sei se choro de saudade ou me encho de felicidade quando nos falamos por telefone.

Ontem me pareceu estar triste, me dói saber que a culpa é minha, por não estarmos mais morando juntos. Foi uma escolha nossa tu voltaste a morar com teus pais em outra cidade por que queria trabalhar, mas esse tempo no qual estávamos a acordar e adormecer juntos meus dias foram mais felizes, não tem quem diga o contrario, minhas manhãs hoje se resumem em levantar sem olhar para os lados e seguir com a cabeça erguida, pois tudo nesse quarto, nessa casa, me lembra você.

Não que eu não queira me lembrar de todos os momentos dos quais passamos juntos, mas sei que mesmo a 100 km de distância daqui tu sabes quando penso em ti. Sei que isso é passageiro, logo logo vai voltar a ser como era antes, vamos voltar a viajar, sair, dormir, fazer o que fazíamos sempre e o mais importante ‘juntos’.

A ultima vez que estive em sua casa, sua família inteira me recebeu com tamanho carinho que nem tive vontade de voltar sem ti, sabendo de como estas ai, acolhido de amor e carinho me sinto melhor, mas não totalmente feliz pois sei que mesmo tendo tudo isso também sente minha falta.. Amo-te e até breve!!