Odeio-te porque te amo!

Odeio-te porque te amo. Sei que parece uma frase já usada mas é a verdade. Por muito mais que tente odiar-te não consigo, amo-te tanto.

E isso irrita-me, irrita-me o facto de não conseguir esquecer-te, dizer-te adeus e pôr um ponto final na nossa história. Fico todas as noites a sonhar contigo, como é que será o futuro, custa-me a acreditar que já acabou pois ainda tínhamos tanta coisa por viver.

Eu tenho noção de que consigo viver sem ti, afinal já vivia antes de apareceres do nada. A verdade é que apareceste do nada e do nada tornaste-te tudo. A verdade é que o teu abraço é melhor do que qualquer outro. A verdade é que apesar de conseguir viver sem ti, vivo muito mal. Eu odeio-te porque amo quando me abraças.

Eu odeio-te porque amo quando me beijas. Eu odeio-te porque amo quando gozas comigo por estar com ciúmes, ou por ser tão pequena. Eu odeio-te porque amo a maneira como transformas esta pedra de gelo em manteiga derretida. Eu odeio-te porque te amo.

PORAnónimaCM
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...