Obrigada e Até Sempre…

Hey,

Provavelmente não quererás ler esta carta…não te julgo, tens motivos. Mesmo assim, escrevo-te. Escrevo-te para que saibas que te devo um pedido de desculpas.

Sei que todos, num determinado momento da vida, nos decepcionamos… Infelizmente, algumas vezes, isso acontece com quem mais amamos. Aquele em que apostamos os nossos sonhos, com quem dividimos muitas alegrias e rimos com a mesma intensidade. O meu pai sempre me disse que em todas as relações alguém sofre mais, ainda que não quiséssemos. E, desde que te conheci, pedia todas as noites às estrelas que fosse eu a sofrer mais. Hoje sei que só dependia de mim não te magoar.

Relembro-me todos os momentos de dedicação, de amizade, de amor e de momentos felizes. Fico a passar as nossas conversas na minha mente, a imaginar a nossa casa, os nossos filhos e o nosso casamento.

Cada vez que penso em ti, sofro. Só me arrependo de uma coisa: ter começado uma relação contigo sem ter a certeza que o passado era só passado. Gostei de ti da pior maneira de se gostar de alguém. Gostei de ti por gostares de mim. Gostei de ti por teres aquilo que não existia em mim.

Desculpa. E obrigada. Obrigada pelos dias e meses que estiveste comigo. Obrigada pelos sorrisos que me fizeste dar.  Obrigada pelos beijos e abraços que me destes. Obrigada pelas noites e dias que passamos a falar. Obrigada pelo pôr-do-sol que não assistimos juntos, mas que pensávamos um no outro ao olhar para as estrelas.

A minha vontade sempre foi ficarmos juntos, não digo para sempre, mas um dia de cada vez, e quem sabe, para o resto das nossas vidas. Tenho pena do meu passado não me ter libertado a tempo de passar o tempo que sobrava contigo. Não sei quanta dor já sentiste, mas sou-te sincera, não me importa. Sei que agora estás bem e isso é o que realmente interessa.

Por último, quero-te agradecer por teres feito parte da minha vida e por me teres amado como ninguém, de uma maneira completamente diferente. Obrigada e Até sempre.


PELA WEB

Loading...