O Que Nós Aguentamos A Sorrir…

“O que ela aguenta sorrindo, você não aguenta nem gritando.”

Nunca me identifiquei tão bem com uma frase. Existem frases que lemos e pensamos que poderíamos ter sido nós mesmos a escreve-las porque nos identificamos, esta é uma delas.

Alguns pensam que sorrir todos os dias é fácil, porque basta apenas pensarmos que devemos sorrir que o nosso cérebro comanda o gesto. Não pensam que o nosso cérebro é independente e não faz o que queremos por vezes. Para sorrir, têm que haver felicidade por muito pouca que seja e nem sempre é assim.

Para sorrir todos os dias temos de dar valor aos pequenos gestos, às pequenas coisas que nos fazem felizes e quando me refiro a pequenas coisas, são mesmo pequenas, que passam a maior parte das vezes despercebidas aos olhos dos outros.

Porque para sorrir temos de esquecer as coisas más ou ignorá-las. Para sorrir tenho de ignorar que tive de fingir que a minha mãe tinha morrido e que eu não entendia. Tenho de ignorar que durante meses sofria diariamente por ter sido tratada como lixo. Para sorrir todos os dias tenho de fingir que uma parte de mim já não importa e quando a dor aparece, porque essa sempre aparece, tenho de controlar até chegar a casa porque, só em casa é que posso desabar e ser a menina indefesa que perdeu a mãe cedo demais.

Por isso se tu sorris e também tens de ignorar que o teu passado ainda está presente, parabéns! Eu sei o quanto doí e o quanto queres esquecer, mas não consegues. Eu sei o que é acordar e querer ficar na cama. Eu sei o que é, pensares para ti o porquê de ainda continuares a viver. Mas eu posso responder a isso, és de ferro. Eu sou de ferro.

Não damos valor ao mal. Não desejamos mal. Ignoramos pelo bem da nossa sanidade mental. Vivemos para recebermos o que merecemos, que é o mundo. Observamos tudo o que nos rodeia para que ninguém possa repetir o que no passado tanto doeu. Somos felizes porque já sofremos demasiado e chegamos à conclusão que não vale a pena sofrer. A vida é curta demais.

PORDaniela Pereira
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...