Tudo o que quero…

15º Campeonato Nacional de Poesia de Pedro Chagas Freitas

Jornada 4

Tudo o que quero 

É tudo o que tenho 

Tudo o que tenho é nada 

E nada chega p’ra mim 

Mas existe sempre um vazio 

Um vazio que não tem fim 

Queria encher o vazio 

Queria esquecer o frio 

 

Sabes que conto contigo 

Para o aquecer 

Aquece o meu vazio 

Para o frio esquecer 

 

E quente assim o vazio 

Não tenho mais nada a querer 

Fico aqui à espera 

Até que consigas perceber 

O que eu quero és tu 

O que eu quero é o teu calor 

Tudo o que quero é o teu tempo e amor 

Tudo o que quero é a tua companhia, alegria e dor 


PELA WEB

Loading...